Minicurso 5: INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO

Prof. D.Sc. Jorge Nei Brito - http://lattes.cnpq.br/8160466619165597: Consultor Sênior. Pós-Doutor em Engenharia Mecânica, Área de Monitoramento de Máquinas, pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas (2011). Doutor em Engenharia Mecânica, Área de Projetos, pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas (2002). Mestre em Engenharia Mecânica, Área de Projetos, pela UFU - Universidade Federal de Uberlândia (1994). Eng. Mec. pela PUC MINAS - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1985). Professor Associado IV do Departamento de Eng. Mecânica da UFSJ - Universidade Federal de São João del-Rei. Presidente da FENEMI - Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial. Coordenador do CDEN - Colégio Nacional de Entidades do Sistema CONFEA/CREA e MÚTUA. Coordenador da V Região da COPIMERA (Confederación Panamericana de Ingeniería Mecánica, Eléctrica, Industrial y Ramas Afines).


Lucas Costa Brito
- http://lattes.cnpq.br/9519306355864837: Sócio, Consultor Júnior e Instrutor da Dynamic Services Consultoria Ltda. Graduando do curso de Engenharia Mecânica da UFSJ (Universidade Federal de São João del Rei). Green Belt em Six Sigma. Membro da Equipe Técnica do Gep_LASID (Grupo de Estudos e Pesquisas do Laboratório de Sistemas Dinâmicos) da UFSJ. Bolsista de Iniciação Científica do Programa PIBIC/Fapemig - Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais. Autor de artigos técnicos apresentados e publicados em congressos técnico-científicos. Participante do Programa CsF (Ciência Sem Fronteira), na Lakehead University, Ontario, Thunder Bay, Canadá.

* EMENTA: 1. Evolução da Manutenção. 1.1. Histórico da Manutenção. 1.2. Tipos de Manutenção. 1.3. Histórico da Manutenção Preditiva. 1.4. Guia Geral para Seleção de Técnicas de Monitoramento. 2. Gestão Estratégica da Manutenção. 2.1. Introdução. 2.2. Manutenção Estratégica. 2.3. Produto da Manutenção. 2.4. Conceito Moderno da Manutenção. 2.5. Papel da Manutenção no Sistema da Qualidade da Organização. 2.6. Terceirização da Manutenção. 3. Planejamento e Controle da Manutenção. 3.1. Introdução. 3.2. Custos. 3.3. Estrutura Organizacional da Manutenção. 3.4. Sistema de Controle da Manutenção. 3.5. Implantação do PCM. 3.6. Elaboração do POP (Procedimento Operacional Padrão). 3.7. M52S (Elaboração do Mapa de 52 Semanas). 4. Indicadores de Desempenho da Manutenção. 4.1. Introdução. 4.2. Benchmarking. 4.3. Indicadores de Manutenção Industrial. 4.4. Indicadores de "Classe Mundial".