Palestra 4: PRENDENDO FANTASMAS EM ROBÔS

LUIZ FERNANDO DA SILVA BORGES - http://lattes.cnpq.br/7989895458473288. Nos últimos 3 anos desenvolveu pesquisas e tecnologias na área de Engenharia Biomédica com: modelagem estatística de processos termodinâmicos para amplificação de DNA; próteses robóticas de membro superior com feedback tátil; dispositivos de monitoramento do sono para a regulação do ciclo circadiano e interfaces cérebro-máquina de loop fechado embarcadas em sistemas de processamento distribuído para a comunicação com pessoas inicialmente classificadas em estado vegetativo ou coma. Laureado com mais de 60 prêmios como resultado de suas participações em feiras de ciências e engenharia nacionais e internacionais, sendo o primeiro e único brasileiro a receber os prêmios de primeiro lugar e melhor da categoria, em Engenharia Biomédica, na maior feira de ciências e engenharia do mundo: a Intel International Science and Engineering Fair (Intel ISEF). Além disso, recebeu também o prêmio concedido pelo MIT Lincoln Laboratory, por meio do programa Ceres Connection, tendo seu nome submetido para a International Astronomical Union (IAU), que nomeou o asteroide (33503) Dasilvaborges, em sua homenagem.

* RESUMO DO DA PALESTRA: O Palestrante apresentará a história da concepção de suas criações que reduziram o custo de diagnósticos baseados em amplificação de DNA, demonstraram um método de controle pra próteses robóticas de braço que devolve a sensibilidade tátil e prometem fazer pessoas inicialmente diagnosticadas em estado vegetativo ou coma se comunicarem apenas com o pensamento. Tendo a oportunidade de representar o país em diversas competições científicas ao redor do mundo, detendo até mesmo um asteroide pra chamar de seu, ele apresentará como cada ideia surgiu, bem como as dificuldades comuns à cientistas brasileiros e como superá-las. Ao revelar os bastidores de projetos científicos de alta complexidade, Luiz espera demonstrar que conceber e realizar grandes projetos científicos está ao alcance de todo acadêmico com coragem suficiente para acreditar que perseguir objetivos grandes e pequenos resultam no mesmo esforço.